best-luxury-2024-mercado-luxo-rede-brasil-mercedes-benz-novo-eqe-300-suv-carros-aldo-rosa-eletrico-3
best-luxury-2024-mercado-luxo-rede-brasil-mercedes-benz-novo-eqe-300-suv-carros-aldo-rosa-eletrico-3

Fórum da Liberdade 2024 divulga programação da 37ª edição

Fórum da Liberdade 2024 divulga programação da 37ª edição

Fórum da Liberdade 2024 divulga programação da 37ª edição

O Fórum da Liberdade 2024 começa na próxima quinta-feira (4), e a programação da 37ª edição do maior evento de debates políticos, econômicos e sociais da América Latina já pode ser conferida. Com grandes nomes no elenco dos painéis, como os economistas Gustavo Franco, Zeina Latif e Marcos Lisboa, o ex-presidente Michel Temer e o ministro aposentado do STF Marco Aurélio Mello, além de influencers como o Favelado Investidor e a jornalista Mônica Salgado, especialistas e muitos outros, o Fórum da Liberdade será realizado em 4 e 5 de abril na Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS), em Porto Alegre.

Os ingressos podem ser adquiridos aqui: https://bit.ly/fl24

“A programação do Fórum da Liberdade deste ano foi preparada especialmente para a construção de debates de ideias de alto nível, com palestrantes renomados. Vamos abordar temas relevantes nas mais diversas áreas, como geopolítica, empreendedorismo, sustentabilidade, economia, política e muito mais”, analisa Fernanda Estivallet Ritter, presidente do Instituto de Estudos Empresariais (IEE), que organiza o evento.


Programação 37º Fórum da Liberdade

Quinta-feira, 4 de abril
16h – Quem move o mundo? // Alfredo Soares, Alexandre Ostrowiecki e Diana Werner
17h15 – Eterno país do futuro? // Gustavo Franco, Marcos Lisboa e Zeina Latif
18h30 – Cerimônia de Abertura e entrega dos prêmios Libertas e Liberdade de Imprensa
19h30 – Os Limites do Poder do Estado // Marco Aurélio Mello, Michel Temer e Rogério Marinho, com moderação de Ricardo Gomes

Sexta-feira, 5 de abril
9h – Histórias Admiráveis: o Poder do Indivíduo // Favelado Investidor, Leo Siqueira e Tinga
10h15 – Semeando o Futuro // Daniel Randon, Estevan Sartoreli e Michael Shellenberger
11h45 – Lançamento: 27º Pensamentos Liberais
12h – Intervalo para almoço
14h – O Poder da Mordaça // Gustavo Maultasch, Marcelo Rech, Marcel Van Hattem e Mônica Salgado
15h30 – Chegamos ao Ápice do Mundo Livre? // Helio Beltrão, Professor HOC e Fernando Ulrich
17h – Democracia em Risco // Félix Maradiaga
17h30 – Chega de Mais Impostos // Grover Norquist e Ranking dos Políticos
18h – Painel de encerramento: Recalculando a Rota

” Programação sujeita a alterações


Ingressos já podem ser adquiridos

A venda de ingressos para o Fórum da Liberdade 2024 está aberta. Os bilhetes do terceiro lote custam a partir de R$ 119 (R$ 59,50 a meia-entrada), valores que serão mantidos até 4 de abril ou enquanto durar esse estoque de ingressos. O almoço de abertura do evento está por R$ 599 no seu terceiro lote. O preço permanecerá o mesmo até 3 de abril, ou enquanto durar o estoque de ingressos. Para a modalidade VIP, já foi aberto o sexto lote, no valor de R$ 799, que vai até 5 de abril ou enquanto durar o estoque de ingressos. Já o combo VIP + almoço está com o terceiro lote aberto, por R$ 899, até 4 de abril. A compra, que inclui uma taxa de 10%, pode ser parcelada em até 12 vezes. O link para adquirir os ingressos é https://bit.ly/fl24

Prêmio Libertas

Considerado um dos maiores expoentes do liberalismo argentino e mentor de Javier Milei, atual presidente do país, o economista Alberto Benegas Lynch será homenageado no Fórum da Liberdade 2024 com o Prêmio Libertas. Aos 83 anos, ele receberá a distinção das mãos de Fernanda Estivallet Ritter, presidente do IEE.

“Benegas Lynch é um dos precursores e disseminadores dos ideais de liberdade e do liberalismo na América Latina e, principalmente, na Argentina. Com atuação muito intensa como intelectual e acadêmico, ele participou de diversos seminários nos primeiros anos do IEE e foi de extrema importância para nossa formação. Hoje, ele é reconhecido internacionalmente pela defesa do pensamento liberal”, aponta Fernanda.

Em 1997, em comemoração aos primeiros 10 anos do Fórum da Liberdade, o IEE criou o Prêmio Libertas, conferido a indivíduos que se destacam no trabalho pela valorização dos princípios da economia de mercado e pelo respeito ao Estado Democrático de de Direito.

Prêmio Liberdade de Imprensa

Um dos intelectuais mais respeitados do país e colaborador em diversos veículos de imprensa, o filósofo Fernando Schüler será homenageado no Fórum da Liberdade 2024 com o Prêmio Liberdade de Imprensa. Criador e curador do projeto cultural Fronteiras do Pensamento, Schüler é doutor em Filosofia e mestre em Ciências Políticas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com pós-doutorado pela Universidade de Columbia, em Nova York. Professor e pesquisador no Insper, é especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap) e especialista em Gestão Cultural e Cooperação Ibero-americana pela Universidade de Barcelona (UB).

No Rio Grande do Sul, Schüler foi secretário estadual da Justiça e do Desenvolvimento Social. Também atuou como diretor-geral do Ibmec, no Rio de Janeiro, e diretor da Fundação Iberê Camargo. Para a imprensa, já escreveu em diversos jornais e participou de programas de redes de rádio e TV. Atualmente, é colunista da revista Veja e do Grupo Bandeirantes de Comunicação.  O Prêmio Liberdade de Imprensa foi criado pelo IEE em 2007, com o objetivo de homenagear pessoas dedicadas ao desenvolvimento do pensamento crítico e à defesa e à valorização da liberdade de imprensa. Mais do que isso, o IEE entende que a liberdade de expressão é um dos pilares fundamentais para qualquer democracia.


Palestrantes

Alguns dos principais palestrantes já confirmados são:

Daniel Randon – Presidente/CEO da Randoncorp, uma das maiores empresas gaúchas e do país. Na companhia, tem intensificado a agenda ESG e as iniciativas de inovação. Engenheiro mecânico com MBA em Gestão Administrativo-Financeira pela Universidade de Chicago, é presidente do Conselho Superior do Transforma RS, hub colaborativo que reúne os setores da sociedade em defesa do desenvolvimento sustentável do estado. Em 2021, ele foi eleito o melhor CEO da América Latina no ranking Institutional Investor Research.

Estevan Sartoreli – Cofundador e co-CEO da Dengo Chocolates, empresa nascida em 2017 na Bahia que tem grande renome pela sustentabilidade e viveu uma forte ascensão, especialmente em São Paulo. Engenheiro de produção de formação, Sartoreli se define como “apaixonado por cacau, café, chocolates, negócios de impacto e gente”, e tem mais de 12 anos de experiência em empresas de bens de consumo, como Faber-Castell, Siemens e Natura Cosméticos.

Favelado Investidor – Conhecido como Favelado Investidor nas redes sociais, onde reúne mais de 1 milhão de seguidores, Murilo Duarte cresceu no Jardim João XXIII, um bairro pobre na zona oeste de São Paulo. A origem humilde. porém, não foi empecilho para que começasse a investir e empreender. Em 2021, aos 27 anos, chegou aos seu primeiro milhão de reais. Destacado educador financeiro, conta com mais de 10 mil alunos em seus treinamentos e fez parte da lista Forbes Under 30 de jovens empreendedores considerados revelações.

Félix Maradiaga – Principal líder da oposição nicaraguense ao ditador Daniel Ortega, o ex-candidato à Presidência e ex-preso político Félix Maradiaga, 47 anos, enfrentou inúmeras acusações criminais e campanhas difamatórias durante os protestos generalizados contra o regime de Ortega em 2018. Em julho de 2021, Maradiaga foi preso arbitrariamente após anunciar suas intenções de concorrer à Presidência. Enviado para uma prisão de segurança máxima, suportou condições desumanas durante 611 dias. Em 9 de fevereiro de 2023, ao lado de 221 presos políticos, foi deportado para os Estados Unidos, teve seus bens confiscados e a sua nacionalidade nicaraguense retirada.

Fernando Ulrich – Sócio da Liberta Investimentos, Fernando Ulrich tem mais de 21 anos de experiência com finanças corporativas e investimentos, é mestre em Economia da Escola Austríaca pela URJC e administrador pela PUCRS. Teve passagens por XP Inc., ThyssenKrupp e Banco Indusval & Partners, além de ter sido conselheiro da Casa da Moeda do Brasil e ser conselheiro do Instituto Mises Brasil. É autor do livro “Bitcoin – a moeda na era digital”, primeira obra em português sobre o tema, e mantém um canal no YouTube com mais de 600 mil inscritos e 2 milhões de visualizações mensais, no qual trata semanalmente de assuntos sobre economia, mercados e investimentos.

Grover Norquist – O ativista político Grover Norquist tem chamado atenção por seus posicionamentos contra o aumento de tributos nos Estados Unidos desde que recebeu uma missão do então presidente norte-americano Ronald Reagan: fundar uma associação que defendesse os pagadores de impostos do país. Assim, em 1985, ele criou o Americans for Tax Reform (ATR), um think tank anti-impostos que trabalha para limitar o tamanho e o custo do Estado e se opõe à elevação de tributações em qualquer nível, seja federal, estadual ou local.

Gustavo Franco – Gustavo H. B. Franco foi presidente do Banco Central entre 1997 e 1999, no governo Fernando Henrique Cardoso, e um dos formuladores do Plano Real, que completa 30 anos em 2024. Depois de deixar o BC, fundou a Rio Bravo Investimentos, com cerca de R$ 13 bilhões sob gestão. PhD. pela Universidade de Harvard (EUA), é professor do Departamento de Economia da PUC-Rio desde 1986 e escreve regularmente para O Globo e para O Estado de São Paulo. Tem 16 livros publicados. Recebeu o Prêmio Libertas no Fórum da Liberdade 2014.

Helio Beltrão – Fundador do Instituto Millenium (2006), com o ex-ministro da Fazenda Paulo Guedes e outros, e fundador e CEO do Instituto Mises Brasil (2007), ambos think-tanks ativos na batalha de ideias travada nos últimos 15 anos. Beltrão é referência do liberalismo contemporâneo brasileiro, tendo sido fundamental para o avanço desse ideal na sociedade, e mais recentemente na política. É MBA pela Columbia University e foi executivo do Banco Garantia, além de ter sido conselheiro de administração de inúmeras empresas, como Grupo Ultra, Copasa, Restoque, Metalfrio, Artesia, Abyara, Affero Lab e Ediouro.

Marcelo Rech – Presidente da Associação Nacional de Jornais e colunista do jornal Zero Hora, Marcelo Rech foi executivo do Grupo RBS, onde atuou também como repórter, diretor de Redação do periódico, diretor-executivo de Jornalismo e vice-presidente Editorial e Institucional. O jornalista tem cursos de especialização no Media Management Center da Kellog e em Media Strategy na Harvard Business School. Já presidiu o Fórum Mundial de Editores e hoje é membro do comitê executivo da World Association of News Publishers, além de membro de conselhos ligados à defesa da liberdade de expressão no Brasil e no Exterior.

Marco Aurélio Mello – Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) entre 1990 e 2021, o carioca Marco Aurélio Mello foi nomeado ao cargo pelo então presidente Fernando Collor de Mello. Participou de inúmeras decisões importantes na mais alta Corte do país, entre elas o recebimento, em 2009, de denúncia contra Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda do governo Lula, que era acusado de ser responsável pela quebra do sigilo bancário do então caseiro Francenildo Costa. Hoje aposentado, Marco Aurélio é crítico à atuação do ministro do STF Alexandre de Moraes e à “extravagância” do Tribunal.

Marcos Lisboa – Entre 2003 e 2005, Marcos Lisboa foi secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, no primeiro governo Lula. De 2006 a 2009, atuou como diretor executivo do Itaú-Unibanco. Depois, Lisboa teve passagem marcante pelo Insper, uma das instituições de pesquisa mais importantes do país, a qual presidiu entre 2015 e 2023. No âmbito acadêmico, é Ph.D. em Economia pela Universidade da Pensilvânia e foi professor assistente de Economia na Universidade de Stanford, de 1996 a 1998, e na Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas, entre 1998 e 2002.

Michael Shellenberger – Chamado de “Herói do Meio Ambiente” pela Time Magazine, vencedor do Green Book Award e autor dos best-sellers “San Fransicko: Why Progressives Ruin Cities” (2021) e “Apocalypse Never: Why Environmental Alarmism Hurts Us All” (2020), Michael Shellenberger é um dos principais intelectuais da América do Norte no tema energia limpa e representante do movimento ambientalista pró-humano. É ativista climático e ambiental há mais de 30 anos, período durante o qual ajudou a salvar reatores nucleares em todo o mundo para evitar um aumento da poluição atmosférica, assim como a última floresta de sequoias desprotegida da Califórnia, entre outros feitos.

Michel Temer – Presidente da República entre 21 de maio de 2016 a 1º de janeiro de 2019, Michel Temer assumiu o posto após o impeachment de Dilma Rousseff, em meio a uma grave crise econômica e social. Em sua gestão, realizou reformas, como a trabalhista, e implementou o teto de gastos. Doutor em direito constitucional pela PUC-SP e ex-procurador do Estado de São Paulo, o ex-presidente tem uma longa carreira na política. Também é autor de livros sobre direito constitucional e de poemas.

Professor HOC – Um dos maiores especialistas em geopolítica do país, Heni Ozi Cukier, conhecido como Professor HOC, é formado em Filosofia e Ciências Políticas nos Estados Unidos e mestre em Resolução de Conflitos e Paz Internacional pela American University, em Washington DC. Professor HOC tem o maior canal sobre geopolítica no Brasil, com mais de 1,2 milhão de inscritos no YouTube, e no Instagram conta com mais de 700 mil seguidores.

Tinga – Paulo César Tinga foi jogador de futebol com passagem por grandes clubes brasileiros e do Exterior, sendo convocado para a Seleção Brasileira. Mais conhecido como Tinga, em homenagem ao bairro Restinga, em Porto Alegre, ele vai além do futebol. Empreendedor, fundou o primeiro curso online direcionado à formação de novos atletas, o ByTinga. É dono, sócio e investidor de empresas de diferentes ramos no Brasil, como varejo, parques temáticos, hotéis e imóveis, além de idealizador e coordenador de importantes projetos sociais sem apoio governamental, espalhados pelo Brasil.

Zeina Latif – Uma das economistas mais renomadas do país, Zeina Latif é consultora econômica e sócia da Gibraltar Consulting. Teve passagem pelo governo do Estado de São Paulo, como secretária de Desenvolvimento Econômico. Sua carreira foi mais focada no mercado financeiro, no qual se destacou por sua atuação em várias instituições, como a XP, na qual foi economista-chefe. Com mestrado e doutorado pela USP, é colunista do jornal O Globo e autora do livro “Nós do Brasil: Nossa Herança e Nossas Escolhas”, pela Editora Record.


Sobre o 37º Fórum da Liberdade

A 37ª edição do Fórum da Liberdade, maior palco de debates políticos, econômicos e sociais da América Latina, terá como tema um questionamento: Admirável Mundo Livre? A inspiração é o clássico da literatura “Admirável Mundo Novo”, de Aldous Huxley, que retrata uma sociedade sem liberdade. A identidade visual do Fórum da Liberdade deste ano foi gerada por meio de uma plataforma de inteligência artificial generativa. O uso da inteligência artificial também remete ao enredo do livro publicado em 1932, que apresenta um futuro distante com a forte presença da tecnologia.

Sobre o IEE

O IEE é uma instituição civil sem fins lucrativos ou compromissos político-partidários, fundada em Porto Alegre em 1984 e que organiza o Fórum da Liberdade anualmente. O Instituto tem como objetivo incentivar e preparar novas lideranças, com base nos conceitos de economia de mercado e livre iniciativa. Uma das principais atribuições do IEE é a formação de lideranças com capacidade empreendedora. Nesse sentido, estimula o debate e a troca de experiências entre os seus associados para que desempenhem suas funções na sociedade de forma ética e planejada, com persistência e motivação para conquista do sucesso em suas áreas de atuação.

Fotos Fórum da Liberdade 2023: crédito Vini Dalla Rosa/ Divulgação


Site oficial do evento:
https://www.forumdaliberdade.com.br/