best-luxury-2024-mercado-luxo-rede-brasil-mercedes-benz-novo-eqe-300-suv-carros-aldo-rosa-eletrico-3
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-sebrae-avenue-connection-itau-jp-morgan-blackrock

MB realiza listagem relâmpago de ZRO, token que originou US$ 258 milhões em investimentos em 24 horas

MB realiza listagem relâmpago de ZRO, token que originou US$ 258 milhões em investimentos em 24 horas

MB realiza listagem relâmpago de ZRO, token que originou US$ 258 milhões em investimentos em 24 horas

O lançamento refere-se ao token de governança da LayerZero, o protocolo de infraestrutura de interoperabilidade blockchain mais utilizado do mercado

O Mercado Bitcoin (MB), maior plataforma de ativos digitais da América Latina, listou nesta quinta-feira (20) o token LayerZero (ZRO), que acaba de chegar à Web3. O ativo integra o segmento de finanças descentralizadas (DeFi) e é um dos airdrops mais aguardados de 2024, o que reflete a forte expectativa da comunidade cripto. Nas primeiras 24 horas do lançamento, o ZRO atingiu, em volume negociado, US$ 558 milhões.

O LayerZero fornece um protocolo de mensagens robusto que permita a interação entre diferentes blockchains de maneira segura, eficiente e escalável. O objetivo é proporcionar uma infraestrutura de alta performance, que suporta a criação de diferentes aplicações, concentrando todos os canais utilizados em uma única base. Para isso, são utilizados contratos inteligentes implantados em cada blockchain, combinados com Redes de Verificadores Descentralizadas (DVNs) e executores.

São mais de 200 aplicações integradas, 130 milhões de mensagens enviadas, US$ 50 bilhões em volume transacionado e 70 blockchains conectadas. A mobilização causada resulta em um efeito histórico para o universo de criptoativos, e identifica o LayerZero como um dos protocolos mais utilizados do mundo.

“O LayerZero possui um grande diferencial devido aos verificadores descentralizados, que garantem que as mensagens possam ser enviadas e recebidas, sem qualquer tipo de gargalo, entre várias blockchains”, aponta Lucca Benedetti, responsável por listagens no MB. “A velocidade em que o ativo foi disponibilizado na plataforma do MB evidencia a nossa intenção em não apenas atender a demanda, mas agir de forma estratégica e objetiva”, conclui.

Sobre o Mercado Bitcoin (MB): com quase 4 milhões de clientes, há 11 anos o MB conecta pessoas e empresas à blockchain e à economia tokenizada, operando com os mais altos padrões de transparência e integridade financeira. Primeiro unicórnio cripto do Brasil e auditado desde 2018, sendo que desde 2022 pela EY – uma das maiores empresas de auditoria do mundo – o MB é associado da Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto) e aderente ao Código de Conduta e Autorregulação na Prevenção à Lavagem de Dinheiro desenvolvido pela associação e que garante que as empresas signatárias cumpram as melhores práticas de compliance.